ESPORTE

A falsificação de produtos esportivos é algo recorrente e muitas vezes visto como “normal”, por conta dos altos custos das roupas originais, os produtos mais em conta são facilmente vendidos em mercados ilegais, prejudicando não só o comercio como colocando produtos de má qualidade em circulação pelo pais.

A Receita Federal destrói toneladas de produtos 

esportivos falsificados, como camisetas de times de futebol do Brasil e da Europa, o total equivale a R$ 478 milhões em multas.

A Meirelles IPC atua fortemente no combate e apreensão de grandes quantidades de mercadoria ilegal, tendo parceria com diversos clubes a fim de acabar com a venda de material falsificado, que anualmente diminui a receita dos clubes.